Sindicato de Alimentação

Histórico

 

A origem do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação dos Estados de Goiás e Tocantins retorna a 17 de março de 1962 quando um grupo de trabalhadores do Moinho Goiás Ltda., popularmente conhecido pela marca Emegê, criou a Associação Profissional dos Trabalhadores nas Indústrias do Trigo, Milho, Soja, Mandioca, Panificação e Confeitaria de Goiânia.

Em 26 de março de 1971, a Associação foi reconhecida sob a denominação de Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Trigo, Milho, Soja, Mandioca, Panificação e Confeitaria de Goiânia, pelo Departamento Nacional do Trabalho do MTPS, que, por meio de apostila datada de 08 de abril de 1974, concedeu ao Sindicato extensão de representação de categorias profissionais de toda indústria de alimentação de Goiânia, exceto de carnes e derivados, oportunidade na qual teve sua denominação alterada para Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Goiânia, sendo seu primeiro presidente o trabalhador José Borges Matteucci.

A atual denominação do Sindicato é decorrente de reivindicação de trabalhadores da categoria para que a Entidade estendesse sua base territorial para outros municípios de Goiás e para o Estado do Tocantins, o que foi aprovado pelo MTPS em 1990.
Completando quatro décadas de existência como sindicato, a entidade possui vasta bagagem de lutas em prol da categoria e algumas pessoas foram determinantes para que sua história, de grande êxito, pudesse ser construida, pois não mediram esforços para fazer o Sindicato crescer de forma a beneficiar cada vez mais os trabalhadores representados.

No começo, as dificuldades eram inúmeras. O sindicato não tinha credibilidade e as pessoas ainda não confiavam no movimento. A sua primeira sede foi na Avenida Tocantins e, só 15 anos mais tarde, com o Trabalhador Sebastião Ferreira de Aguiar na Presidência, adquiriu sede própria, instalada na rua 23-B, no centro da cidade de Goiânia.

Desde então, o Sindicato vem se estruturando e conquistando cada vez mais benefícios para a categoria, colhendo, agora, frutos que foram plantados há décadas. A entidade trabalha para manter viva a chama de garra, força e determinação em prol dos trabalhadores, conforme foi um dia almejado por um grupo.

Para servir os trabalhadores e atender a todos os seus usuários, o Sindicato tem sua sede instalada na Rua 12-A, Setor Aeroporto, Goiânia, GO, com boa estrutura que abriga a administração, a assessoria jurídica, atendimento de homologações, além de um auditório que serve para assembleias e reuniões rotineiras, bem como para outras realizações promovidas pela entidade ou pelos seus associados.

Hoje o Sindicato está sendo administrado por uma diretoria, encabeçada pela presidente Ana Maria da Costa e Silva, que não mede esforços para a constante busca de melhoria para toda a categoria, mantendo condições de prestar ampla assistência, aos trabalhadores e seus dependentes, através de assessoria jurídica capacitada, trabalhista e em outras áreas; inúmeros convênios de saúde; espaço para eventos na sede social; sede recreativa, em fase de revitalização; negociações de acordos e convenções com ganho real e refletindo diretamente no bolso dos trabalhadores; auxilio na busca de novas oportunidades de trabalho, além de indicação para cursos de capacitação, visando melhor qualificação, enfim, um trabalho ininterrupto na busca de qualidade para representar e assistir os componentes da categoria.